jusbrasil.com.br
22 de Setembro de 2017

STJ anuncia mudança em sistema de peticionamento eletrônico neste mês

Correção FGTS, Estudante
Publicado por Correção FGTS
há 7 meses

STJ anuncia mudana em sistema de peticionamento eletrnico neste ms

A partir da segunda quinzena de março, o Superior Tribunal de Justiça fará modificações no sistema de peticionamento eletrônico utilizado por advogados e órgãos públicos. As mudanças estão relacionadas principalmente ao procedimento de assinatura eletrônica.

A ferramenta de peticionamento, por exemplo, atualmente compatível apenas com o sistema Windows, passará a funcionar nos principais sistemas operacionais, como Mac OS e versões populares do Linux, desde que o computador tenha instalado o driver de certificação digital.

As alterações foram necessárias depois que empresas de tecnologia que suportam os navegadores informaram o fim da tecnologia Applet – uma espécie de plugin inserido nos navegadores e que era utilizado pelo tribunal.

Segundo o secretário de Tecnologia da Informação e Comunicação do STJ, Rodrigo Almeida de Carvalho, o sistema de visualização de autos eletrônicos ficará integrado à consulta processual. “No sistema atual, a consulta processual era destacada do acesso às peças digitais do processo. Com o novo sistema, o advogado passa a fazer as duas etapas em uma mesma página, obtendo acesso ao índice do processo e a todos os documentos digitais.”

Como o novo sistema, o usuário também poder enviar todas as petições de uma só vez, diminuindo o tempo para o envio dos documentos. O STJ recebe atualmente cerca de 3.300 petições por dia, das quais 85% são encaminhadas em formato eletrônico.

Como peticionar

Em linhas gerais, o interessado em fazer o peticionamento deverá seguir as seguintes etapas: após o login no sistema e-STJ por meio do certificado digital, o usuário receberá um aviso para fazer o download do aplicativo de assinatura eletrônica.

O usuário deverá selecionar os arquivos que deseja enviar e efetuar a assinatura. Após o registro, os documentos serão encaminhados automaticamente para a base de dados e ficarão disponíveis para conclusão do cadastro das petições no site do STJ.

Inicialmente, as duas versões do sistema de peticionamento funcionarão de forma paralela.

O STJ também planeja divulgar um tutorial on-line e responder dúvidas por meio da Central de Atendimento ao Cidadão (telefone 61 3319-8410) e pela Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação, no caso de questões técnicas.

Com informações da Assessoria de Imprensa do STJ.

Veja também:

19 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Ao que nos parece, o sistema vai em muito contribuir, até porque teremos mais de um intrumento operacional a nos servir.

Por oportuno sugerimos permitir a consulta pública das peças processuais, haja vista a natureza pública do processo, mantendo apenas a impossibilidade de extração de copia às partes estranhas aos interesses da causa.
Só erra que busca acertar; aperfeiçoar é dever e não faculdade. Parabéns ao órgão. continuar lendo

Estou fazendo adequação em vários escritórios aqui em São Paulo.

O TJSP, em conformidade com as normas do SAJ, já está disponibilizando que seja efetuado login pela nova ferramenta, chamada de Web Signer; entretanto continuará disponibilizando ainda e somente neste mês o sistema de login antigo (o proporcionado pelo sistema java).

O Web Signer está funcionando bem com os navegadores Firefox, Chrome e Internet Explorer; não funciona entretanto com o novo navegador do windows 10 chamado Edge (cópia fajuta do Chrome).
Para que o novo sistema de login funcione é preciso abrir o link https://websigner.softplan.com.br/ no navegador que deseja usar e seguir as instruções.
Abrindo o link no Chrome receberá as instruções para configurar o Web Signer, são instruções simples de serem seguidas; em seguida poderá abrir o link no Firefox e depois no internet explorer para que a assinatura eletrônica de login funcione nos três.
Quando houver configurado os navegadores, simplesmente faça login como era feito antigamente (pelo menos para o TJSP, enquanto não houver mudanças); o login vai acontecer bem mais rápido do que anteriormente e haverá apenas uma janela de confirmação, ao contrario do sistema java que demandava vários cliques para terminar o login.

Recomendo que configure os três navegadores, pois eventualmente um deles em determinada ocasião será mais eficiente no login que os outros; por exemplo, em dificuldade de acessar pelo Chrome tente o Firefox e vice versa.

Eventualmente alguns navegadores funcionam melhor em determinados tribunais do que em outros; o novo sistema online de assinaturas eletrônicas (Web Signer) muito provavelmente irá diminuir ou eliminar este inconveniente. continuar lendo

muito bom continuar lendo

Bem, parece que isto vem para facilitar mais o peticionamento. O que me preocupa é o fim da tecnologia applet que era utilizada no Java, pois não sei como ficará a sua utilização sem ela. Bem vamos tentar usar da forma como recomendado para verificar se nos adaptamos ao novo sistema. Aguardar para ver. continuar lendo