jusbrasil.com.br
20 de Abril de 2018

STJ anuncia mudança em sistema de peticionamento eletrônico neste mês

Correção FGTS, Estudante
Publicado por Correção FGTS
ano passado

STJ anuncia mudana em sistema de peticionamento eletrnico neste ms

A partir da segunda quinzena de março, o Superior Tribunal de Justiça fará modificações no sistema de peticionamento eletrônico utilizado por advogados e órgãos públicos. As mudanças estão relacionadas principalmente ao procedimento de assinatura eletrônica.

A ferramenta de peticionamento, por exemplo, atualmente compatível apenas com o sistema Windows, passará a funcionar nos principais sistemas operacionais, como Mac OS e versões populares do Linux, desde que o computador tenha instalado o driver de certificação digital.

As alterações foram necessárias depois que empresas de tecnologia que suportam os navegadores informaram o fim da tecnologia Applet – uma espécie de plugin inserido nos navegadores e que era utilizado pelo tribunal.

Segundo o secretário de Tecnologia da Informação e Comunicação do STJ, Rodrigo Almeida de Carvalho, o sistema de visualização de autos eletrônicos ficará integrado à consulta processual. “No sistema atual, a consulta processual era destacada do acesso às peças digitais do processo. Com o novo sistema, o advogado passa a fazer as duas etapas em uma mesma página, obtendo acesso ao índice do processo e a todos os documentos digitais.”

Como o novo sistema, o usuário também poder enviar todas as petições de uma só vez, diminuindo o tempo para o envio dos documentos. O STJ recebe atualmente cerca de 3.300 petições por dia, das quais 85% são encaminhadas em formato eletrônico.

Como peticionar

Em linhas gerais, o interessado em fazer o peticionamento deverá seguir as seguintes etapas: após o login no sistema e-STJ por meio do certificado digital, o usuário receberá um aviso para fazer o download do aplicativo de assinatura eletrônica.

O usuário deverá selecionar os arquivos que deseja enviar e efetuar a assinatura. Após o registro, os documentos serão encaminhados automaticamente para a base de dados e ficarão disponíveis para conclusão do cadastro das petições no site do STJ.

Inicialmente, as duas versões do sistema de peticionamento funcionarão de forma paralela.

O STJ também planeja divulgar um tutorial on-line e responder dúvidas por meio da Central de Atendimento ao Cidadão (telefone 61 3319-8410) e pela Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação, no caso de questões técnicas.

Com informações da Assessoria de Imprensa do STJ.

Veja também:

19 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Ao que nos parece, o sistema vai em muito contribuir, até porque teremos mais de um intrumento operacional a nos servir.

Por oportuno sugerimos permitir a consulta pública das peças processuais, haja vista a natureza pública do processo, mantendo apenas a impossibilidade de extração de copia às partes estranhas aos interesses da causa.
Só erra que busca acertar; aperfeiçoar é dever e não faculdade. Parabéns ao órgão. continuar lendo

Estou fazendo adequação em vários escritórios aqui em São Paulo.

O TJSP, em conformidade com as normas do SAJ, já está disponibilizando que seja efetuado login pela nova ferramenta, chamada de Web Signer; entretanto continuará disponibilizando ainda e somente neste mês o sistema de login antigo (o proporcionado pelo sistema java).

O Web Signer está funcionando bem com os navegadores Firefox, Chrome e Internet Explorer; não funciona entretanto com o novo navegador do windows 10 chamado Edge (cópia fajuta do Chrome).
Para que o novo sistema de login funcione é preciso abrir o link https://websigner.softplan.com.br/ no navegador que deseja usar e seguir as instruções.
Abrindo o link no Chrome receberá as instruções para configurar o Web Signer, são instruções simples de serem seguidas; em seguida poderá abrir o link no Firefox e depois no internet explorer para que a assinatura eletrônica de login funcione nos três.
Quando houver configurado os navegadores, simplesmente faça login como era feito antigamente (pelo menos para o TJSP, enquanto não houver mudanças); o login vai acontecer bem mais rápido do que anteriormente e haverá apenas uma janela de confirmação, ao contrario do sistema java que demandava vários cliques para terminar o login.

Recomendo que configure os três navegadores, pois eventualmente um deles em determinada ocasião será mais eficiente no login que os outros; por exemplo, em dificuldade de acessar pelo Chrome tente o Firefox e vice versa.

Eventualmente alguns navegadores funcionam melhor em determinados tribunais do que em outros; o novo sistema online de assinaturas eletrônicas (Web Signer) muito provavelmente irá diminuir ou eliminar este inconveniente. continuar lendo

muito bom continuar lendo

Bem, parece que isto vem para facilitar mais o peticionamento. O que me preocupa é o fim da tecnologia applet que era utilizada no Java, pois não sei como ficará a sua utilização sem ela. Bem vamos tentar usar da forma como recomendado para verificar se nos adaptamos ao novo sistema. Aguardar para ver. continuar lendo