jusbrasil.com.br
24 de Maio de 2019

Bolsonaro libera porte de arma para jornalistas, advogados e políticos

Decreto foi publicado na edição do Diário Oficial da União desta quarta-feira

Correção FGTS, Estudante
Publicado por Correção FGTS
há 16 dias

Foi publicado na edição desta quarta-feira do Diário Oficial da União, o decreto assinado na última terça-feira, pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), que altera as regras sobre o porte, registro, comercialização e posse de armar e munições. Com isso, ganham o direito ao porte categorias como os advogados (exclusivamente aqueles que atuam no poder público), políticos, jornalistas, motoristas de veículos de carga,conselheiros tutelares, dentre outras.

Na cerimônia realizada pelo governo, na última terça-feira, para a assinatura do decreto, Bolsonaro não havia detalhado todas as mudanças. O direito ao porte de arma dá as pessoas a permissão de andarem armadas nas ruas, diferentemente da posse, que apenas permite ter uma arma em propriedade privada, seja ela residencial, rural ou comercial.

Até então, tinha sido anunciado pelo governo, as seguintes mudanças: o direito à compra de até 50 cartuchos por ano, passaria a ser mil; o proprietário rural poderá usar armas de fogo em todo o perímetro da propriedade; praças das Forças Armadas, com dez anos de experiência ou mais, poderão ter direito ao porte de arma; e colecionadores, atiradores e caçadores vão poder transitar com arma carregadas de munição, quando forem ao local de caça e tiro.

Fonte: Tupi FM

Mais notícias e artigos

==> Promotor desenvolve método de estudos que o fez ser aprovado no MP e disponibiliza para advogados e que desejam ingressar na Promotoria do Ministério Público.

==>>Correção do FGTS - Como advogados devem proceder para buscar a correção do FGTS para seus clientes ! [Ler]

==>> Como entrar com pedido de restituição de cobrança indevida de ICMS na conta de luz para seus clientes !

==>> Ações contra planos de saúde batem recorde em todo o país e site jurídico disponibiliza petições para ajudar profissionais atuantes na área [ler]

3 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Veja, no futuro bem próximo, aonde, o liberalismo do armamento para algumas classe pode ser extremamente funesto. Porque, com as grandes tensões sociais que será instituída por reforma que vai aquecer o ânimo do povo. Isso vai gerar muita morte por cousas banais, devido, a situações precárias do nosso Brasil, imagine estas pessoas completamente desconectada da razão, por causa, das dificuldades diárias, com certeza, na situação que se encontra o país, não seria apropriado esta liberação. Acorda Brasil. continuar lendo

Achar que a pessoa vai enfrentar TODAS as dificuldades e burocracias para obter uma arma LEGAL e depois sair trocado tiros é, quando menos, inocência.

Digo mais, hoje armas estão proibidas de circular nas ruas (não legalmente, mas com as dificuldades impostas dá para dizer que é praticamente proibido ter porte) e nem por isto o número de homicídios diminuiu. Na verdade ocorre rigorosamente o contrário, não para de aumentar.

Armas vão resolver o problema da segurança pública? NÃO. E nem este é o objetivo. Mas o cidadão armado resolve o problema da segurança INDIVIDUAL. Afinal, marginal hoje tem absoluta certeza de poder agir, afinal, é certo que ninguém tem como enfrentar. Ao permitir circular armas nas ruas, o marginal ainda vai poder agir, mas não terá certeza de quem pode ou não estar armado. continuar lendo

Entendo, um país que nem o nosso, isso, com certeza não vai terminar bem. continuar lendo